Engenharia Genética - até onde nos pode levar?

Este blog foi criado no âmbito da disciplina de Biologia com o objectivo de promover discussões e debates sobre Engenharia Genética baseados nas informações à disposição no mesmo.

quinta-feira, março 23, 2006

OGM prejudicam a saúde

Em Maio deste ano, a Comissão Europeia suspendeu a homologação de novas variedades de milho manipulado, na sequência da publicação de um artigo na revista "Nature", em que investigadores norte-americanos revelavam que o pólen de milho transgénico matou quase metade das borboletas-monarca de uma experiência. Não se trata de um facto isolado. É frequentemente citado, por exemplo, o caso de uma experiência escocesa em que joaninhas alimentadas com afídios que tinham crescido com batatas transgénicas, viram a sua média de vida reduzida a metade, além de terem posto menos ovos do que o normal. Numa outra experiência em que ratos foram alimentados ao longo de dez dias directamente com batatas transgénicas cozidas, as autópsias revelaram alterações altamente significativas do peso dos animais e alterações frequentes de órgãos ligados ao sistema imunitário, como o baço e o timo.Em termos de saúde - e sem dúvida, para nós, essa é uma questão fundamental - são muitas as dúvidas. Há exemplos de falhas graves - claro que pouco divulgados. Num documento conjunto da Quercus, Associação Nacional de Conservação da Natureza e Deco, Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, refere-se, nomeadamente, o caso de uma doença raríssima do sistema imunitário que atingiu vários milhares de pessoas, nos EUA, porque consumiram um suplemento alimentar produzido por uma empresa japonesa a partir de uma bactéria transgénica. Morreram 37.A possibilidade de reacções alérgicas ao emprego de transgénicos na alimentação ou mesmo do aparecimento de doenças novas, são preocupações frequentemente referidas.